Dissertações e relatos de dois taberneiros sobre coisas mundanas...e não só.

15
Jun 08

 

O homem é a mais elevada das criaturas;

A mulher o mais sublime dos ideais.

 

O homem é o cérebro;

A mulher é o coração.

O cérebro fabrica luz;

O coração, o amor.

A luz fecunda, o amor ressuscita.

 

O homem é forte pela razão;

A mulher é invencível pelas lágrimas.

A razão convence, as lágrimas comovem.

 

O homem é capaz de todos os heroísmos;

A mulher, de todos os martírios.

O heroísmo enobrece, o martírio sublima.

 

O homem é o código;

A mulher o evangelho.

O código corrige, o evangelho aperfeiçoa.

 

O homem é um templo;

A mulher é o sacrário.

Ante o templo nos descobrimos, ante o sacrário nos ajoelhamos.

 

O homem pensa;

A mulher sonha.

Pensar é ter, no crânio, uma larva;

Sonhar é ter, na fronte, uma auréola.

 

O homem é um oceano;

A mulher é um lago.

O oceano tem pérolas que adornam;

O lago, a poesia que deslumbra.

 

O homem é a águia que voa;

A mulher é o rouxinol que canta.

Voar é dominar o espaço;

Cantar é conquistar a alma.

 

Enfim, o homem está colocado onde termina a terra;

A mulher, onde começa o céu.

 

Victor-Marie Hugo

 

 Apesar de não ser de minha autoria, este texto é para mim o mais rico, poetico e verdadeiro que alguma vez li sobre a natureza humana e a sua dualidade.Parece escrito pela alma do mundo, e como tal foi escrito por todos e para todos.

Inocêncio da Silva

 

 

 

publicado por Inocêncio da Silva às 18:19

SIMPLESMENTE MARAVILHOSO...
KAIKAS a 28 de Junho de 2008 às 20:36

Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

pesquisar
 
blogs SAPO